Mobirise

Biblioteca Drª. Celuta Maria Monteiro Freitas

A biblioteca foi fundada juntamente com a instituição no ano de 1997.

Inicialmente sem nome, a biblioteca funcionava em uma casa alugada, anexo ao primeiro campus. Após mudar de endereço em 2004 a instituição, juntamente com a biblioteca, passou a funcionar em um shopping de Aracaju.

No ano de 2007, através da resolução n° 1 de 25 de junho de 2007, a biblioteca recebe o nome Biblioteca Dr.ª CELUTA MARIA MONTEIRO FREITAS, considerando a necessidade de um nome que identifique a biblioteca da instituição e o interesse em estabelecer na memória de futuras gerações o nome da Dr.ª Celuta Maria Monteiro Freitas que se destacou na construção dos primeiros anos de vida da FANESE.

Em 2011 a instituição passou a funcionar em dois campi e consequentemente o acervo da biblioteca ficou dividido.
No ano de 2014 a instituição, assim como a biblioteca, passou a funcionar em um único endereço, atualmente o campus Edgar Freitas.

Bibliografia:

CELUTA MARIA MONTEIRO FREITAS

Nasceu em 19 de janeiro de 1948, em Aracaju/SE, filha de Antonio Valença Monteiro e Maria Celuta Franco Monteiro. Formou-se pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Federal de Sergipe em 17 de dezembro de 1971. Atuou como clínica geral. Faleceu em 22 de dezembro de 2000, em Aracaju/SE, com 52 anos.

Bibliotecários:
Durante as mudanças que ocorreram na FANESE ao longo dos anos, tivemos como gestores da Biblioteca Dr.ª CELUTA MARIA MONTEIRO FREITAS profissionais que deixaram sua contribuição na história da instituição.

Luciane Vitorino Amaral esteve como bibliotecária de 1998 a 2000. Após sua saída, assumiu o cargo a bibliotecária Vera Galdino, no período de 2000 a 2007.

Rita de Cássia Gonçalves Silva ocupou o cargo de gestora da biblioteca entre os anos de 2007 a 2013.

Atualmente, a responsável pela biblioteca desde março de 2013 é a bibliotecária Lícia de Oliveira.

O Acervo

Atualmente o acervo conta com 21.000 livros, 1.441 periódicos, 745 DVDs, 572 monografias, 323 Artigos, 46 CD-ROM, enciclopédias, dentre outros materiais. O acervo está completamente informatizado e a comunidade acadêmica poderá fazer pesquisas bibliográficas, inclusive via internet.